HOSPITALARES | FARMACÊUTICOS | LABORATORIAIS

Ver modelos e tabela de dimensões (clique aqui)

TRATAMENTO DE ÁGUAS RESIDUAIS SOLUÇÕES ADAPTADAS AO SECTOR DE EFLUENTES HOSPITALARES

  • Dimensionamento caso a caso
  • Experiência comprovada
  • Cumprimento das exigências legais de forma fiável e duradoura
  • Eliminação de contaminação de solos e lençóis freáticos devido à completa estanquicidade dos órgãos de tratamento
  • Facilidade e rapidez de instalação (componentes pré assemblados e fábrica em condições ISO 9001)
  • Facilidade de up-grade em caso de aumento da capacidade de produção – soluções modulares

 

SISTEMA DE PRETRATAMENTO DE EFLUENTES HOSPITALARES | ECODEPUR® SPTEH

Sistema de homogeneização e desinfecção de águas residuais hospitalares, desenvolvido pelo ECODEPUR®, para minimizar os efeitos nocivos sobre o ambiente ou a rede de esgotos. Especialmente concebido para inibir a influência dos microorganismos patogénicos e mitigar os efeitos das variações da carga orgânica.

As águas residuais contendo metais pesados ou contaminação radioactiva não devem ser enviados para o esgoto.

Nos últimos anos, o consumo mundial de produtos farmacêuticos tem aumentado, bem como a sua deteção em águas residuais e superficiais, representando um risco acrescido para a saúde humana e para o ambiente.

A presença de micropoluentes no meio ambiente pode resultar em efeitos negativos sobre o balanço biológico dos ecossistemas aquáticos, causando desequilíbrios e até representarem risco para a saúde pública, se existirem linhagens multirresistentes de antibióticos.

As águas residuais têm sido apontadas como a principal via de entrada de produtos farmacêuticos no ambiente. Após utilização profilática e/ou terapêutica, os produtos farmacêuticos são excretados, principalmente através da urina (cerca 55-80%) e das fezes, sob a forma do composto original (inalterado) ou de metabólitos.

Assim, os efluentes hospitalares (EH) são caracterizados por apresentarem produtos farmacêuticos pertencentes a várias classes terapêuticas, tais como: analgésicos, antibióticos, diuréticos, agentes de contraste de raios-X, desinfetantes, entre outros. Geralmente, não é feita nenhuma distinção em termos de drenagem de efluentes urbanos e hospitalares, sendo estes, muitas vezes, descarregados diretamente para a rede pública de saneamento, sem qualquer pré-tratamento (ou com esquemas inadequados), e tratados, em conjunto, nas ETAR urbanas.

É imperativo proceder-se à adoção de pré-tratamentos específicos destes efluentes dado que a maioria das ETAR existentes foi projetada com o principal objetivo de remover macropoluentes e microrganismos (geralmente com concentrações da ordem de grandeza de ppm), e não destes micropoluentes presentes nas águas residuais com concentrações bastante inferiores (na gama dos ppb e ppt).

Documentos
Peça o seu Orçamento
Nome Produto (Obrigatório)
Seleccione se é Empresa ou Particular (Obrigatório)
Empresa
Nome de Contacto (Obrigatório)
Telefone (Obrigatório)
Localidade (Obrigatório)
Declaro que li e aceito aPolítica de Privacidade da Ecodepur (Obrigatório)
Mensagem
Transcreva os seguintes números: 7956
Fechar